Livros

O Colecionador de Erva

Ano: 2013
Páginas: 312 pp.

«O melhor livro que Francisco José Viegas escreveu até este momento.» Pedro Marques Lopes

 

Mar em Casablanca

Ano: 2009
Páginas: 240 pp.

«Construído com a precisão rigorosa dos melhores ourives do género, revela a extraordinária paleta de um grande escritor.» Lire

 

Longe de Manaus

Ano: 2005
Páginas: 480 pp.

Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores, 2005.

 

Um Crime Capital

Ano: 2001
Páginas: 200 pp.

«É preciso reter o nome de Francisco José Viegas, mestre em atmosferas e em desencanto.» Lire

 

Um Crime na Exposição

Ano: 1998
Páginas: 296 pp.

«Francisco José Viegas dá uma reviravolta no policial. Um estilo de alto voo.» Le Point

 

Um Céu Demasiado Azul

Ano: 1995
Páginas: 320 pp.

Finalista do Prémio Europeu de Romance Policial

 

As Duas Águas do Mar

Ano: 1992
Páginas: 370 pp.

«Uma língua tecida de ilhas e de céus, uma escrita solitária: um grande autor.» La Croix

 

Morte no Estádio

Ano: 1991
Páginas: 287 pp.

«Com os seus livros, Francisco José Viegas dá uma reviravolta no policial.» Le Point

 
Detective Jaime Ramos by Francisco José Viegas